New York State Department of Health - Autism guide

New York State Department of Health - Autism guide

02 de Fevereiro, 2000

Estas guidelines foram desenvolvidas por um painel de profissionais e pais com o patrocínio do Departamento de Saúde do Estado de New York, tendo sido publicadas em 1999.


Neste documento os autores consideram que a seleção das intervenções no autismo deve ter em consideração dois aspectos importantes:

- evidência científica que a intervenção é eficaz
- evidência científica que a intervenção é segura.


De acordo com este relatório "É recomendado que os princípios da Applied Behavior Analysis (ABA) e as estratégias de intervenção comportamental sejam incluídas como elementos importantes em todos os programas de intervenção de crianças portadores de autismo".